Os filhos vêm ocupar o lugar do marido?

Os filhos vêm ocupar o lugar do marido?

Certamente que este pensamento invade a cabeça de muitas mulheres que desejam ter filhos, e algumas que ainda nem constituíram família…

“Quando eu tiver filhos, consigo arranjar espaço no meu coração (na minha vida), para eles, sem deixar de amar o meu marido?”
“Será que o amor se divide? Em dois? Em três?…”
“Será que consigo fazer a separação entre o amor que sinto pelo meu marido, e aquele que sinto pelos meus filhos?”
“Será que consigo manter as prioridades certas na minha vida, com o nascimento de um filho?”

No meu caso, consegui a resposta a todas as minhas dúvidas, porque comecei por ter filhos, bastante cedo.

Os FILHOS vêm reforçar os laços de amor que existem entre o casal.
No meu caso, pelo conhecimento bíblico que tenho, foi-me fácil entender, que de forma nenhuma, os filhos vêm ocupar o lugar do marido, pelo contrário…
Por cada filho que nós geramos, o nosso coração ganha mais espaço.
Isto tem a ver com algo que Deus criou, que é o amor Ágape, que é um amor que dá, sem esperar receber primeiro… É um amor que cresce a cada dia.

O mais importante é uma mulher entender que os filhos são o resultado do amor de duas pessoas, ou seja, podemos dizer que são o “fruto” duma relação.

Quando nasce um filho, é um momento muito importante na vida de um casal.
E NÃO!!

O espaço que é responsável pelo amor que sentimos, não se divide, multiplica-se.
E multiplica-se tantas vezes, quantos filhos forem surgindo…
E nenhum é melhor do que nenhum, porque todos eles, foram uma dádiva de Deus, vieram de nós…

Claro que o meu marido teve um papel muito importante nesta questão. A disponibilidade para ele, muitas vezes não era a mesma, a paciência, o carinho, a atenção… Mas o amor, nunca teve em questão.
E o apoio dele foi essencial para crescermos juntos, nesta nova fase da nossa vida, aprendermos a gerir o nosso tempo e espaço, com a noção de que a realidade já não era mais a mesma.
Facilitando assim o meu trabalho, de colocar cada um no lugar que lhe é devido (marido e filhos).

Fui crescendo enquanto mulher, esposa, mãe, ser humano, serva de Deus, … desenvolvendo este amor incondicional.


“Mãe de mão cheia”

#mãedemãocheia #osfilhosvemocuparolugarmarido #amorincondicional

Comentários