A necessidade de sentir-se Mulher

A necessidade de sentir-se Mulher

Definitivamente as mulheres vivem por comparação.

Se houver homens a ler este post saiba, as mulheres não se vestem pra vocês, baixem a bola.

Mulher se veste para impressionar outras mulheres e ponto final.

Tem dia que a vida é tão corrida que e normal nos desleixarmos, eu mesma fico impressionada com aquelas mulheres que estão todos os dias bem arrumadas, maquilhadas e com o cabelo impecável, conheço algumas e as super estimo, porque eu sou mais do estilo de um dia ir trabalhar com a roupa que dormiu e no outro dia ir trabalhar parecendo uma Angel da Victoria Secret na passarela.

E com este post eu quero dizer que todas as mulheres têm a necessidade de se sentir mulher e isto é saudável, o que diferencia é o que cada uma faz para isso. Tem mulheres que sentem bem a fazer ginástica, tem outras que se sentem mulher quando usam uma determinada lingerie, outras se sentem mais poderosas quando estão maquilhada, e o ok, o que não se pode é se martirizar por não atingir determinado padrão muitas vezes irreal.

Quando eu tive meu segundo filho me lembro de ficar encanada com o meu corpo, “e agora? Será que volta tudo para o lugar?” e quando abri o Instagram via mulheres que tinham acabado de ganhar filho exibindo a suas barrigas definidas que até pareciam que nunca haviam sido esticadas, percebi que isto me fazia mal, então comecei a ver mulheres mais realistas que mostravam suas barrigas flácidas, com diástase, com estrias e assim fiquei mais confortável em ver mulheres da vida real, entretanto com o passar dos meses elas foram mostrando procedimentos estéticos, ajudas profissionais, personal trainer e no primeiro aniversário da criança já estavam com um corpo espetacular e a única certeza que eu tinha é que nunca teria aquele corpo porque não teria dinheiro para todos aqueles luxos.
E foi na minha comunhão diária que Deus começou falar comigo, em como eu era única aos olhos dele assim como meus filhos são únicos aos meus olhos e eu a minha necessidade de me sentir mulher foi criada para o MEU bem, para EU me sentir bem e não para exibir aos outros e assim tirar um jugo das nossas costas de querer ser o que nós não nascemos para ser. Sim devemos buscar melhorar, ficarmos bonitas, nos cuidar mas até ao ponto que isto faça bem para a MINHA pessoa e não para o que os outros vão pensar.

Jo 15:31
“Não confie na vaidade, enganando-se a si mesmo; pois a vaidade será a sua recompensa.”
 


“A_vida_sem_filtros”

#avidasemfiltros #sermulher #autoestima

Comentários

Mulher como esposa

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Mulher como esposa

1 – Qual o Papel duma Mulher Casada

É Mulher, Esposa, Amiga, Mãe.
Trabalhadora num emprego.
Dona de casa:  cozinheira, decoradora, enfermeira, florista, costureira, senhora de limpeza, que lava roupa, lava casa, passa ferro, arruma casa, arruma roupa, arruma tudo.


2 – Como conciliar todas estas tarefas e profissões

A mulher tem muitos papeis, ela faz muita coisa.

Erro comum é ela perder o foco. Tem as prioridades trocadas:
–  Põe os filhos em 1ºlugar, o marido quase que nem existe.
–  Transforma a casa num museu. Não dá para viver.
–  Ela gasta mais tempo com as modas, as amigas, a mãe, a irmã do que com o marido.
–  Se o marido não é salvo, pode cair no erro de estar SEMPRE na Igreja.

O casamento funciona, foi ideia de Deus, mas só funciona se fizermos à maneira de Deus:

Prioridades:
1 – Deus
2 – Marido
3 – Filhos
4 – Tudo o resto

Mateus 6:33
“Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”.

Mesmo se o seu marido não é salvo temos que pôr Deus em 1º lugar, que é, ir à Igreja, honrar a Deus.

Efésios 5:31
“Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e se unirá à sua mulher, e serão os dois uma só carne.”

O casamento é uma nova vida em comum entre o marido e a mulher.
Tudo o resto são bênçãos que Deus nos acrescentou, depois vêm:  filhos, casa nova etc.
Não fique focada nas bênçãos.


3 – Qual o papel mais importante duma mulher casada

1 – Pôr Deus em 1º lugar
2 – Ser esposa – Ajudar o marido.

Como?  Pense porque é que ele se casou consigo?
– Você era amiga, uma mulher feliz.
– Você ria-se quando ele contava uma anedota.
– Você tinha fé nele, encorajava-o para coisas novas.
– Você admirava-o, respeitava-o, gostava de estar ao lado dele.

Se você quer manter o seu casamento, não caia no erro de:
– Ser uma chata, que critica sempre, queixa-se de tudo
– Que sempre põe obstáculos, manipula.

Se o seu marido não é salvo, não quer dizer que Deus tem outra Bíblia para si. O seu papel é o mesmo.

O pior que pode fazer é:
– Tornar-se uma pregadora em casa, pôr versículos em todo lado, espiritual.
– Estar sempre na Igreja sem ligar nenhuma ao seu marido.

Vai conseguir ganhar o seu marido:
– Não pregando, mas praticando a palavra.
– Submeter-se a ele (especialmente hoje em dia), de cara alegre.
– Seja a melhor mulher, companheira que pode ser (carácter, simpática, perdoando).

I Pedro 3:1
“Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres,”

Mulher como esposa:
1 – Pôr Deus em 1º lugar
2 – Seja amiga do seu marido
3 – Eduque ame os seus filhos

Comentários

Mulher tem Valor

Cabeça de mãe

Cabeça de mãe

Namorei pouco mais de 3 anos, e casei aos 19 anos. Com 20 anos já tinha uma filha. Poderão estar a pensar que casei tão novinha, e ainda por cima, fui logo mãe.

Mas tenho a dizer que tudo resultou de um desejo muito bem planeado. Comecei a namorar com 16 anos, com o meu atual marido, um pouco mais novo que eu. Ainda não namorávamos há 1 ano, e já planeávamos casar e ter uma casa cheia de filhos. Os nossos colegas riam-se pensando “Coitados, são novos, deixa-os sonhar…”

O que eles não sabiam é que era uma decisão muito séria.

Estou casada há 28 anos, e claro… concretizei o meu sonho.

Salmo 37:4
“Deleita-te no Senhor e Ele concederá o desejo do teu coração”

Ser mãe é ser. É a tempo inteiro, 24h por dia. Quando estamos tão exaustas, que pensamos não ter mais forças, e precisarmos de dormir, sem ter de pensar em fazer jantar, para recuperar, e de repente um filho precisa de ajuda para estudar, porque tem dúvidas na escola, ou tem um teste, porque precisa desabafar, ou o dia lhe correu mal, quem sabe teve um desgosto amoroso…

É interessante como nesses momentos, as nossas fraquezas, cansaço e fragilidades deixam de ter qualquer importância, só porque somos mães.

Deus fez tudo perfeito, e não é por a caso que Ele escolheu a mulher para ser mãe.

Lembro-me de sair a correr da empresa, ainda durante o horário laboral, para ir buscar os filhos nas suas atividades diárias, cada um num lugar…
Um filho na escola, outro na creche, outro no ATL, outro numa grande amiga que me ajudava nessa tarefa difícil da recolha, no final do dia.

Ir às compras com todos, depois, levar um à explicação, outro ao futebol, outro à ginástica, enquanto eu ia a uma consulta com o mais novo.

Todos os dias tinha uma agenda como qualquer mãe tem, na cabeça, e antes de me deitar o último passo era mesmo fazer um breve briefing comigo mesma, e ver o que fiz, o que ficou por fazer, o que faz sentido ficar para o dia seguinte ou o que terá de ser adiado, porque no dia seguinte a agenda já está novamente completa.

Eu conseguia ter na minha agenda imaginária (cabeça) as datas de todos os testes da escola, os horários de todas as atividades extracurriculares, as consultas e restantes compromissos de cada um, incluindo meus e o meu marido, a gestão da minha empresa, as viagens de negócios que tínhamos que fazer, a igreja, onde eu sempre tive muitas responsabilidades, e a partir do meu quarto filho, também como pastora.

Marcava as minhas viagens de negócios em função dos testes e restantes atividades ou compromissos importantes de cada filho, planeava o meu dia de acordo com a agenda dos filhos, …

Por fim, todas as minhas noites, quando finalmente estavam todos na cama, muitas vezes depois das 24h, era a hora de arrumar a casa, lavar a loiça, organizar as roupas, e claro… planear de novo, o dia seguinte….

Sinto-me realizada, existe um sentimento de missão cumprida, sou feliz!!!

“Mãe de mão cheia”

#mãedemãocheia #cabeçademae #amorincondicional #opçoes #estilodevida