Apoiar o Marido

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Apoiar o marido

1 – Introdução

O casamento não é 2 pessoas viver juntas e já está.
Casamento é algo que temos que construir dia após dia.

Uma das áreas importante tem a ver os relacionamentos.
Hoje vamos falar uma parte do papel de esposa, que é: Apoiar o marido.

Gén.2:18
…  Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma adjutora … .

Deus criou a mulher para ajudar o marido.
Podemos pensar que já não se usa isso, que já está ultrapassado.

Mas se quisermos um casamento feliz, de acordo com o plano de Deus, temos que fazer as coisas à maneira de Deus.
O modelo do mundo, vai dar resultados do mundo: divórcio, infelicidade etc..

Nós, mulheres, fomos criados para ajudar o nosso marido.
Para isso, Deus nos deu dons, talentos.
Não é por acaso que a mulher sempre nota os detalhes, para ela é fácil, é natural ter compaixão, querer ajudar pessoas.
Ela é mais emocional, envolve-se mais com as pessoas.

Foi assim que Deus nos fez.

Se achar que não é bem assim, ou que não é capaz, ou se não quer fazer isto, não há problema, então o melhor é não se casar. O casamento para si não vai dar certo, vai ter muitos problemas. 

Deus instituiu na família autoridade e hierarquias.
Se funcionarmos de acordo, vamos ter o successo.


2 – Como Apoiar o Marido – o que NÃO fazer

Atrás de um grande falhanço de homem, muitas vezes também há um grande falhanço de mulher.

Ela não sabe o papel dela.
A mulher tem um grande poder de influenciar o seu marido, mesmo que ela não entenda  isso.

Em alguns casos a mulher, em vez de influenciar para o melhor,  influencia para o pior.

Pelas atitudes dela, ela se torna um peso em casa.

Como?
– Está sempre a pôr obstáculos.
     “É muito dificil, não consigo, não sou capaz de mudar de cidade, de país nem pensar…”
Murmurar (É um pecado de idolatria)
      “Não é assim que gosto, não gosto de casa, na minha família era diferente…”
Manipular.
      É altamente satánico – (Is.58 “Eis me aqui, se tirares de meio de ti o jugo ….”);
Criticar. Está sempre criticar o marido, ela sempre encontra qualquer coisa que não está 100%.

Em vez de se concentrar nas coisas boas que ele faz, só vê, fala o que ele não fez.

Não destrua a sua casa!

Muitas vezes é mesmo a mulher como esposa e mãe que ao invés de construir, o derruba.

Prov.14:1
Toda mulher sábia edifica a sua casa a insensata, porém, derruba-a com as suas mãos.


3 – Como Apoiar o marido – o que fazer

Como já disse a influência da mulher é muito grande. Temos que aprender usar isso para o melhor.
Atrás de um grande homem,  está uma grande mulher, que sabe qual é o papel dela.

Como ?
Respeite o seu marido  – em público e privado (Ef.5:33);
Aceite os desfeitos dele. Todos temos e no casamento somos um. O desfeito dele, é o meu desfeito;
Fale bem dele. Olhe para todas as coisas boas que ele tem. Foi por causa disso, que se casou com ele;
Encoraje-o, mostre-lhe que ele é capaz. Acredite sempre nele.
A mulher muitas vezes não entende o poder disso, mas faz toda diferença;
Esteja contente com o que tiver (Mat.6:9 … pão nosso de cada diz nos dá hoje)

Construa a sua casa!

Prov.14:1
“Toda mulher sábia edifica a sua casa….”                                         

                                               

Comentários

Família debaixo do fogo

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Família debaixo do fogo

1 – A Família está debaixo de Ataque

 João 10:10
“O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir…
 

 O diabo vem para roubar, matar e destruir.

A família foi inventada por Deus.
É uma força, uma união poderosa.

Uma família forte, produz pessoas com carácter, com moral, trabalhadoras.
Uma família forte dá uma Igreja forte.
Uma família forte dá uma sociedade forte.

 Quando o diabo consegue atacar uma família:
– Tem uma porta aberta para destruir as pessoas dessa família.
– Tem porta aberta para entrar na Igreja.
– Tem porta aberta para entrar na sociedade através de:
 • Criminalidade
 • Moral
 • Ensino nas escolas


2 – Como o diabo
ataca?

 Ele sempre procura a pessoa mais fraca.
Se é a esposa, ele sabe que atacando a esposa, vai atacar o marido etc.

 Como ele sabe? O diabo não é Deus, ele não sabe o que pensamos.
Mas ele consegue saber onde a pessoa gasta o tempo, o dinheiro, do que a pessoa fala.

– Qual a revista que está sempre a olhar?
– Qual o programa de TV que sempre assiste?  Modas, novelas, etc…
– Qual a tendência da pessoa? Religião, Ciência, etc… 

Ele nunca ataca uma pessoa numa área aonde está forte.
Sempre procura a área mais fraca, a porta que está meio aberta.
 O que você tiver no coração.

O seu coração está cheio de quê?
E é aí que o diabo tenta entrar. Se gostar de novelas, ele vai lhe trazer situações na sua vida parecida com as novelas, para você começar a agir como nas novelas: adultério, mentira, etc…

 I Pedro 5:8
“.. vigiai. O vosso adversário, o diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar;”


3 – A Melhor defensa é o Ataque.

 Como se defender?
 Ponha Deus no 1º lugar.

 a) Ande com Deus.
 Encha-se da Palavra de Deus.
Vai pensar, falar e agir como Deus.
Vai ter o sucesso que Deus sempre teve para você.

 b)Tenha uma vida de oração
 Não espere a chegada dum ataque para começar a orar desesperadamente.
Tenha a sua família sempre rodeada, protegida com oração.

Mesmo se tudo parece bem, lute contra os demónios que podem atacar sua família:
– Influências más no emprego, na escola etc.

Prevenir melhor do que remedir.

 
c) Não caia nos laços do diabo
 O diabo vem com as atrações do mundo, engano de riquezas.
Tudo o que se vê é temporário.
Tudo o que não se vê, é eterno.
A semente do diabo também cresce devagarinho. Cuidado com as ervas daninhas.

Ore a oração de Efésios 1, 3  e  a oração do Pai Nosso.

Comentários

Controlar a ira

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Controlar a ira

1 – O QUE É IRA
 
A ira é um sentimento mau que tem como causas:
– O que alguém nos fez ou não fez: insulto, ofensa, esquecimento etc.
– O que aconteceu ou não aconteceu:

Salmos 37:8
“Deixa a ira, abandona o furor; não te indignes deforma alguma para fazer o mal.”

Provérbios 15:1
“A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.”


2 – COMO A IRA É EXPRIMIDA

UMA PESSOA INTROVERTIDA EXPRIME A SUA IRA PARA DENTRO DELA:
Ela não fala, não mostra, mas a ira existe igualmente.

TORNA-SE EM:
– Amargura.
– Quando não é tratada transformar-se em úlceras e outros problemas de saúde.
 
UMA PESSOA EXTROVERTIDA, EXPRIME A SUA IRA PARA FORA:
– Explosão, todos ficam a saber, envolve todas as pessoas à sua volta.
– Incluindo pessoas não salvas, que estão a observar o nosso testemunho.
– Incluindo os novos convertidos, que pensam que todo Cristão é 100% perfeito. Por conseguinte, temos que saber controlar a nossa ira.
 

3 – IRA DIVINA

A Bíblia fala que podemos nos irar, mas sem pecar.

Efésios 4:26
“Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.”

Mateus 21:12-14
“E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas; E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; mas vós a tendes convertido em covil de ladrões. E foram ter com ele no templo cegos e coxos, e curou-os.”
 
Jesus se irou, mas não pecou. Irou-se numa situação certa, com as pessoas certas, corrigiu a situação.
 
E ACAB0U a sua ira!
 
Logo os cegos e coxos vieram ter com Ele, para serem curados.
Todos entenderam, ninguém ficou chocado, ofendido ou duvidou de Jesus.
O povo de Israel provocou a ira de Deus.
 
Deuteronómio 9:7 “Lembra-te, e não te esqueças, de que muito provocaste à ira ao SENHOR teu Deus no deserto; … , rebeldes fostes contra o SENHOR.”
 
Nunca devemos andar em amor, enquanto há pecado, rebelião, ofensa contra Deus.
Mas sem pecar.
 

4 – IRA HUMANA
 
Quando alguém nos ofende. Quando alguém não nos agrada. Quando alguém falha.
 
Gálatas 6:1
“Irmãos, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado.”
 
O sentimento pode-lhe aparecer, mas temos que ser espirituais para controlar e mandar nesta ira.
 
COMO?
 
a) Perdoar a pessoa: Rápido sem complicações (dá e ser-vos a dado).
 
b) Estar cheios do Espírito Santo, da Palavra de Deus. Cada vez vamos ser mais parecidos com Deus.
As ofensas vão parecer-nos como são: como as falhas dos nossos filhos. Não está certo, mas coitado.
Ele vai crescer. Não me vou baixar no nível dele.
 
Provérbios 19:11
“A prudência do homem faz reter a sua ira, e é glória sua o passar por cima da transgressão.”

Comentários

Prioridades

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Prioridades

1 – O Porquê das Prioridades

As nossas prioridades é onde gastamos:
– A nossa energia
– O nosso tempo
– O nosso dinheiro

Só temos uma vida a viver nesta terra.
Cada dia só tem 24 horas para gastar.

Se não decidimos quais as nossas prioridades:
– Vamos viver pelas necessidades das outras pessoas.
– Telefonemas, emails.
– Visitas.
– Quando nos sobra tempo, logo o perdemos, enquanto pensamos o que vamos fazer.
– O nosso dinheiro gastamos por impulso, baseado em emoções (o comercio aproveita).

Porque só temos 1 vida, 24 horas por dia.

É melhor decidir as prioridades:
– Senão, não vamos a lado nenhum.
– Não atingimos nada do que queremos.
– Perdemos a nossa vida preciosa em coisas sem valor.

Bem podemos nos queixar, mas de quem é a culpa?
Quem manda na sua vida?


2 – Prioridade
Principal

Mateus 6:33
“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”

Em todas as áreas ponha Deus em 1º lugar:
Na família:
Deus manda acima de todos, a opinião Dele é o mais importante = temor do Senhor.

Nas finanças:
Honre a Deus com Dízimos.
Dinheiro é espiritual. Sempre gastamos o dinheiro com quem amamos.

Malaquias 3:10,11
“Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, …  e depois fazei prova de mim nisto, … se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.”

No seu tempo.
Se damos o 1º tempo a Deus, ter comunhão com Ele logo de manhã.

Ele nos vai dar:
– Sabedoria para usar o tempo que temos.
– Sabedoria para não perdermos o nosso tempo.
– Nos dará mais tempo.
– Na sua vida.

Qual o alvo da sua vida:
Construir o seu reino ou o Reino de Deus?


3 – O Resto das
Prioridades

O que quer atingir na sua vida? Os seus alvos na vida.

Família feliz?

– Use o manual de Deus:
1- Deus;
2- Marido;
3- Esposa;
4- Filhos;
5- Casa.

Gaste tempo com eles, invista o tempo
– Invista no futuro: 

1º educação espiritual
2º influências
3º educação escolar

Emprego melhor?
– Desperte os dons que Deus lhe deu.
– Nunca ponha o emprego acima de Deus.
– Invista o seu tempo, finanças no emprego, tirando cursos, melhorar os seus dons etc.
– Faça como alvo de mudar de emprego, mudar de posição.

Mudar de Casa?
– Nunca ponha a nova casa acima de Deus (o diabo vai tentar).
– Investa o tempo para procurar a melhor casa pelo melhor preço.
– Não tenha pressa. Saiba o que quer, faça as contas.

Comentários

Estender do dedo

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Estender do dedo

1 – O que é O Estender o Dedo

Estender o dedo é:
– Falar mal de uma pessoa, criticar os defeitos dessa pessoa.
– Criticar a maneira de ser dela, a aparência.
– Julgar uma pessoa.
– Não resolve nada, é abrir uma porta para o diabo entrar.


2 – Porque é que uma Pessoa faz isso?

a) Ela acha que ela é perfeita.
Só ela tem bom gosto, só ela sabe como fazer as coisas melhor.
No fundo, ela acha que pode julgar os outros, porque ela é superior.

b) Está a usar a tática de desviar a atenção.
Para que as pessoas não olhem para os defeitos dela, ela ponta o dedo a outros.
Assim as pessoas já não olham para ela, não vão ver os defeitos dela.

c) Ela usa os defeitos dos outros como uma desculpa.
“O meu patrão tem muitos defeitos.”
“O meu marido nem posso falar.”
“Por conseguinte, não me vou submeter. Olha para os defeitos!”

Tudo para cobrir as nossas falhas.
Mas ninguém é perfeito.
Deus não chama ninguém por ser perfeito.


3 – Todos vamos ser julgados pelas
nossas ações

Todos vamos ser julgados no dia de julgamento pelas nossas ações.
Deus vai chamar cada um de nós, pessoa por pessoa.

– Vou ser julgado por tudo que eu fiz, por tudo que eu não fiz.
– Deus não vai querer saber das nossas desculpas.
– Deus vai ver o que fizemos, os nossos frutos.


4 – O que diz a Bíblia – o Manual do Fabricante

Jesus disse: Não julgues.
Tudo o que semeamos, vamos colher na mesma medida.

Mateus 7:1-3
“Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados…”

Jesus disse: Olha para ti mesmo. Olha para os teus defeitos!
“…E porque vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho?”

Em Isaías diz que só depois de nós pararmos de estender o dedo, Deus nos vai responder, e vem a nossa cura.
O estender do dedo, é uma barreira entre nós e Deus. Ele não nos pode abençoar.

Isaías 58:9,8
“Então clamarás, e o Senhor te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar iniquamente;”

“Então romperá a tua luz como a alva, e a tua cura apressadamente brotará. e a tua justiça irá adiante de ti; …


5 – O que fazer
quando alguém lhe conta?

Provérbios 4:20-23
”… inclina o teu ouvido às minhas instruções…. guarda-as dentro do teu coração… guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. “

Tudo o que ouvimos entra no nosso coração.

Não incline os seus ouvidos para as conversas, diz-que-diz, rumores, etc…
Não queira saber. Os seus ouvidos não são caixotes de lixo, nem o seu coração.

Você quer ser abençoada, ter sucesso:
– Não estenda o dedo, nem abra os seus ouvidos para ouvir.
– Imite a Jesus. Não olhe para os defeitos, ponha as prioridades.

Pense na salvação das pessoas.

 João 12:47
“ …  eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo.”

Comentários

Murmuração

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Murmuração

1 – O que é  Murmuração?

Murmuração = não concordar com uma decisão dum superior / duma autoridade e falar mal.
(“porque não concordo com isso, eu acho …”).

Murmurar = queixar = porfiar

Murmuração é um vírus, que vai aumentar cada vez mais.
Acontece em todo lugar, seja numa Igreja, seja no emprego, seja numa família.

Se a pessoa não pára de murmurar, cada vez vai piorar mais.
Às vezes a pessoa sabe o que está a fazer.
Outras vezes é inconscientemente.
Nem se percebe, como está a cair num laço do diabo.

O laço é o seguinte:
1 – A pessoa não concorda e começa a falar mal (desabafar… mas sem parar).
2 – Ela tem os ouvidos abertos para demónios que lhe falam (pois é, mais isso…).
3 – Ela não pára de falar. O coração está cheio disso. Cada vez mais apertado, sai da boca…
4 – Ela começa a falar com o alvo de mudar a situação, com quem não concorda.
5 – Falando assim, ela começa a influenciar outras, que também começam a falar mal.
6 – Ela criou um grupinho em volta dela.
7 – Ela está pronta para fazer uma rebelião.
8 – Conclusão: Ela caiu no laço do diabo.


2 – O que Deus diz

Murmuração é um laço do diabo:
– Para a destruir por completo.
– Para destruir os que estão à sua volta (família, amigos, colegas). 

I Samuel 15:23
“… rebelião é como o pecado de feitiçaria, o porfiar é como iniquidade e idolatria”.

Tiago 5:9
“Irmãos, não vos queixeis uns contra os outros, para que não sejais condenados. Eis que o juiz está à porta.”

Judas 1:14-16
“Eis que é vindo o Senhor …
Para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas obras de impiedade, … e por todas as duras palavras … Estes são murmuradores, queixosos da sua sorte, andando segundo as suas concupiscências, e cuja boca diz coisas mui arrogantes, admirando as pessoas por causa do interesse.”


3 – Mude o seu
Coração

Reconheça que é um laço.
Reconheça que não somos tão fortes, nem nos apercebemos das táticas do diabo.

Decida hoje:
a) Mudar o seu coração:
– Arrependa-se diante de Deus do seu pecado (ir contra autoridade).
– Receba o perdão de Deus.
– Aceite a decisão do coração.

b) Mude a sua boca:
– Seja calada.
– Comece a falar certo.

c) Mude o seu agir:
– Vamos ser abençoadas em tudo o que fizermos.

Tiago 1:22, 25-26
“E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.
Aquele, porém, que atenta bem …, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecido, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito.
Se alguém entre vós cuida ser religioso, e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração, a religião desse é vá.”

Comentários

Ladrão de Amor

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Ladrão de Amor

1 – Banco de Amor

A força no casamento está no amor, que temos que desenvolver dia após dia.

Existe um conceito do “Banco de Amor”:
– O marido tem uma conta no banco de amor, no coração da esposa.
– A esposa no coração do marido.

O saldo desta conta podemos mudar: 
a) Depositar moedas de amor
b) Levantar moedas de amor


2 – Ladrões de Amor


Os ladrões de amor são as coisas que diminuem o saldo no banco de amor muito rápido.
O diabo vem para destruir, e gosta de nos lembrar os defeitos de outra pessoa. (João 10:10).

Os ladrões de amor são hábitos, que temos, que irritam a outra pessoa.
Se não nos livramos dessas coisas, podem ficar tão grandes, até destruir o seu casamento.
Devemos analisar-nos e ver quais são esses ladrões de amor.


3 – Alguns destes ladrões

a) Explosões de raiva:
Alguém lhe faz alguma coisa errada, e você tem a certeza que é uma injustiça.
Já não vale a pena falar. Só vale uma coisa: gritar! = Explosão de Raiva.
Tudo vale, para que a outra pessoa nunca mais voltar a repetir o que lhe fez.

Qual a reação do outro? 
– Retaliação
– Silêncio total
– Uma guerra fria 
– Sarcasmo (à frente dos amigos)

Não resolve, só estraga. Em vez de construir, está a destruir o seu casamento.

– A pessoa fica ofendida e magoada.
– Saldo no banco de amor baixa rápido.

Gálatas 5:22-23
“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei.”

b) Julgamento desrespeitoso:
Quando tentamos endireitar, corrigir alguém numa maneira desrespeitosa.

Esta pessoa acha que só ela está certa, e quer ajudar a outra pessoa a ser e agir exatamente como ela.
Ela não está a fazer por mal, só que o outro está a ser tratado como se ele não prestasse.

Não funciona. Cada pessoa sempre pensa estar certa.
O outro também começa a julgar.
A pessoa fica magoada, triste por não ser aceita como ela é. Não se sente amada. Sente que precisa de mudar para ser amada.  Nem Deus faz isso connosco.

João 3:16
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito …”

c) Comportamento/atividade irritante
Um comportamento irritante é quase impossível de mudar:
– Maneira de rir, jeitos etc.
– Temos de nos habituar.

Uma atividade irritante:
Quando uma pessoa faz qualquer coisa premeditada em relação à outra pessoa.
– A comida que a esposa faz, enquanto sabe que o marido não gosta.

Solução? Não se irrite tão rápido e não seja uma irritação.

d) Exigências egoístas
Uma pessoa obriga a outra a fazer algo que esta não quer.
– Não quer saber da vontade da pessoa nem dos sentimentos dela.
– Se o outro não fizer, o resultado é pior.

O casamento é baseado no amor. Não pode haver exigências egoístas. É satânica, destrói por completo.

Isaías 58:9
“…. Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar vaidade “

e) Desonestidade
Desonestidade tem a ver com as nossas falhas, que não queremos admitir.

I João 1:8-9
“Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmo … Se confessarmos …, ele é justo para nos perdoar …”

Assuma as suas falhas sem desculpas.
Seja honesto com a sua esposa/marido:
– Acerca do seu passado (sem detalhes, não tudo interessa).
– Os seus desejos, gostos. (As pessoas sempre mudam).
– Os seus sonhos, planos de futuro.

Comentários

Manipulação

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Manipulação

1 – O que é Manipulação

Isaías 58:9
“…. Eis-me aqui: se tirares do meio de ti o jugo, …”

O Jugo ou a Manipulação é obrigar alguém a fazer alguma coisa contra a vontade dela, usando-se de:
– Dinheiro, influência.
– Emoções: chorar / ficar zangado / gritar.
– Sexo.
– Tratamento de silêncio, fugir da pessoa.

Sei que você não quer fazer, mas se não fizer: 
– Faz silêncio, foge da pessoa, chora, grita, não há sexo.

Sei que você não quer fazer, mas se fizer:  
– Vai receber dinheiro, influência, paz, sexo etc.   

A pessoa ou não quer sofrer a consequência, ou quer ter a recompensa, então dobra-se.
Fica sempre aborrecida no coração.

Quando a manipulação é usada?
– Com o marido. Para ele fazer o que ela quer, para ele mudar de ideias.
– Com os filhos. Para obrigar os filhos a fazer o que ela quer. (mais ainda quando filhos já estão crescidos).
– Amigas, colegas.

Não acontece de repente.
Muitas vezes já vem da família. Já a nossa mãe era assim, estamos a imitar o que sempre vimos.
Já eramos assim quando crianças. Fazíamos birra para receber o que queríamos. Não fomos corrigidas.
Normalmente já faz parte do carácter de pessoa. É um estilo de vida.

 

2 – Resultado da Manipulação

Quando usamos a manipulação estamos a usar uma arma do diabo.
Não respeitamos a vontade própria da pessoa.
Assim há uma porta aberta para o diabo entrar, não importa se você é cristã e serve a Deus.
Ele entra no seu casamento, sua família, seus filhos, emprego etc. etc.
Ele entra e traz todo tipo de demónio:
– Doenças
– Problemas
– Confusão
– Desastres

É contrário a Deus. Não tem nada de Deus.
Deus é Amor.
Tudo o que Ele faz, está baseado em amor.

Deus nunca nos obriga ou manipula!!
Quando criou o homem, deu livre vontade. O homem escolheu desobedecer.
Deus providenciou uma solução, mas só quem quer, é que aceita esta solução.

Construa o seu casamento, a sua família, amizades baseadas no amor.

 

3 – O que fazer?

Arrependa-se!

a) Reconheça que é pecado, obra morta (produz morte).
Reconheça que é errado, não venha com desculpas:

– Fez, porque faz parte de si.
– Fez, para o bem dessa pessoa.

b) Peça perdão a Deus. Só Ele nos pode libertar disso, ajudar.

c) Receba perdão de Deus.


d) Mude o estilo de vida, deixe-se moldar por Deus.

O que que vai acontecer?

Isaías 58:8,9
“Então romperá a tua luz como a alva, e a tua cura apressadamente brotará. e a tua justiça irá adiante de ti; e a glória do Senhor será a tua retaguarda.
Então clamarás, e o Senhor te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar vaidade.”

Comentários

Como funciona a submissão

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Como funciona a submissão

1 – Submissão no Casamento já não se usa

Quem disse?  O mundo? Vamos ver os resultados, os frutos que eles têm.

Eles fazem o casamento à sua maneira:
– É uma associação onde os 2 mandam igualmente.
– Quer dizer que ninguém manda.

Tudo vai correr bem enquanto os 2 concordam.

No momento da discordância há uma nova lei:
Vence aquele, que sabe melhor manejar uma das seguintes armas:
– Uso de manipulação.
– Uso de gritos ou trato de silêncio.
– Uso de imposição de mãos.

Resultado: Com o tempo vão ficar ofendidos, magoados, irritados etc. etc.

Resultado: Só vemos à nossa volta:
– Divórcios (pessoas divorciadas várias vezes)
– Pessoas que nem se casam,
– 2 pessoas que vivem uma vida separada debaixo do mesmo teto.

Mesmo fora do casamento, há pessoas que dificilmente se submetem.
Sempre têm alguma coisa a dizer, nunca concordam e sempre querem fazer as coisas à maneira delas.
São as tais pessoas que estão sempre a mudar de emprego. Nunca vão ser, nem ter, nada na vida.

2 – Autoridade e Submissão vem de Deus

Romanos 13:1
“Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus.”

Deus é um Deus de ordem.
Deus fez leis, hierarquias para tudo funcionar bem.

Porque é que Deus fez a Eva, a 1ª mulher?
A mulher foi criada para ajudar o marido. Se não quer ajudar nenhum marido, não se case. É uma opção.

Genesis 2:18
“Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea.”

No casamento Deus constituiu que o marido manda.
Só vamos ter sucesso se fizermos as coisas à maneira de Deus.

Você talvez não concorde com a submissão, mas Deus disse isso na Sua Palavra.
DEUS nunca muda!

Efésios 5:22
“Vós, mulheres, submetei-vos a vossos maridos, como ao Senhor”

Quando obedecemos ao nosso marido, à autoridade em casa, estamos a obedecer a Deus.
Também quando desobedecemos, estamos a desobedecer a Deus.

Quando fazemos a Palavra, mesmo com sacrifício, Deus se agrada de nós, e a bênção vem.
Se decidimos não obedecer, estamos a ser iguais a Adão e Eva, não comam desta árvore, e eles comeram.

Se não obedecemos a Deus, estamos a obedecer ao diabo.
Lá se vai a bênção e vem a maldição do diabo.

Muitas senhoras estão doentes por não se submeter.
Elas querem comer da árvore, querem mandar no marido, fazer o que Deus diz para o marido fazer.


3- Questões

a) O meu marido não é salvo!
A Bíblia é igual para si.
Exceção: só se seu marido a manda fazer algo contra a vontade de Deus.

I Pedro 3:1
” Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres,”

b) O meu marido quer que eu mande. Ele não tem jeito!
Como mulher ajude-o a ser o líder em casa. Deus a fez adjutora.
Não pode fazer o papel dele. Se ele não quer fazer, ele está errado e não vai ter a bênção de Deus.

c) A mulher nunca pode mandar?
Isso só se refere ao casamento, ao seu próprio marido. Se trabalhar com seu marido numa empresa onde você manda nele. Então, manda nele, mas só lá. Em casa ele manda sempre.

Comentários

Proteção de Deus

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Proteção de Deus

1 – Introdução

Deus criou o mundo perfeito, abençoado, tudo funcionava.
Mas o homem pecou e a terra ficou amaldiçoada.

Quem está no controle na terra é o diabo e os seus demónios.
Nascemos num mundo amaldiçoado.
Nascemos na terra, por isso nascemos escravos do diabo.

Deus nos amou e providenciou uma solução, um resgate: Jesus
O único caminho para chegarmos a Deus.

João 14:6
“Disse Jesus: Eu sou o caminho, verdade, vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

A partir do momento que recebemos Jesus como o nosso Senhor e Salvador:
– Tornamo-nos filhos de Deus.
– Fazemos parte do seu reino.
– Temos direito às bênçãos de Deus


2 – Bênção ou Maldição

Uma das coisas à nossa disposição é a proteção de Deus.

Deus nos dá a escolher: 
– Bênção ou maldição.
– Morte ou vida.

Deus nos criou com vontade própria, para que nós possamos fazer as nossas escolhas.
Ele nunca nos vai obrigar.

Agora para ter a bênção, ter a vida, temos que saber e fazer a nossa parte:
– Temos de nos submeter a Deus.
– Fazer as coisas à maneira de Deus (contra as emoções, nossa vontade etc.).
– Fazer de Deus o nosso Rei, o nosso Senhor.

Uma pessoa pode ser salva, porque recebeu Jesus como salvador.
Mas mesmo assim pode decidir que não quer se submeter a Deus em todas as áreas.
Resultado: Automaticamente nesta área ela coloca-se fora da proteção de Deus.

Ex:  Ela fala as palavras de Deus, porque morte e vida estão no poder de língua. Ela vai a Igreja, evangeliza etc., mas na área financeira, não dá a Deus.
Como resultado tem uma porta aberta para que o diabo entre na vida financeira dela.


3 – Escolhe Proteção de Deus

Salmo 91
“Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Omnipotente descansará.”

Quando habitamos na casa de Deus, podemos confiar que Ele toma conta de nós.
Podemos dizer:
 “Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.
Porque ele me livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.”

No meio do problema, sei que:
… Estou segura,
… Não temo espanto noturno, nem seta que voa de dia,
… Nem peste que anda na escuridão, nem mortandade que assola ao meio-dia. 

O perigo pode estar bem perto, porque o diabo tenta roubar, matar, destruir.
Mas Deus está connosco e saímos mais que vencedores.
Mil cairão ao meu lado, e dez mil à tua direita, mas eu não serei atingida.
Nenhum mal me sucederá, nem praga alguma chegará à tua casa.

Deus põe os seus anjos à nossa volta.
“Aos teus anjos darás ordem a meu respeito, para me guardarem em todos os meus caminhos.”

Deus diz:
“Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei;
Pô-lo-ei num alto retiro, porque conheceu o meu nome.
Ele me invocará, e eu lhe responderei;
Estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.”

 

Comentários