Com quem vou casar

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Casamento perfeito

1 – Eu é que Decido

Como sei que ele é a pessoa certa?
Gosto de 2 rapazes, com quem vou casar?

As pessoas estão à espera de:
– Um sinal do céu.
– Uma emoção tão forte (com música etc. como se vê nos filmes).

Nós temos que decidir, senão:
– Andamos de namoro em namoro. Não temos alvo, não sabemos o que queremos. Nada acontece.
– Alguém vai decidir por nós (ele desiste de si ou marca casamento, sem você ter certeza).


2 – O que é o Casamento

Não podemos decidir, senão sabemos que estamos a decidir para quê.

Casamento não é:
– Muita emoção, sentir grande atração por uma pessoa.
– Gostar muito duma pessoa.

Casamento é:
– Uma vida em comum com outra pessoa.
– O seu futuro.

Temos que:
– Olhar para frente.
– Olhar para o futuro. Onde quer estar no futuro? 5 filhos, negócio, carreira, tudo.

3 – Como decidir

Não podemos ser guiados pelas emoções, que são algo muito inconstante e condicional às circunstâncias.

Seja prática:
–  Saiba o que quer do seu futuro: Onde quer estar no futuro.
–  Saiba o que quer do seu futuro marido. Será que ele cabe no seu futuro.
(Ele pode ser uma alegria nas férias / festas, mas o seu futuro não é só festa).


Faça uma lista com 2 colunas:

a) 1ª coluna: O que ele não pode ter ou ser, de jeito nenhum.
Ex. não pode ter vícios, preguiçoso, passivo ou superativo.
Você decide e mantêm se firme nesta convicção: Se ele tem uma destas coisas, de jeito nenhum vou casar com ele.
Por conseguinte: de jeito nenhum vou namorar com ele.

Agora não exagere. Você não vai encontrar uma pessoa perfeita, porque não existe.
E se existisse, esta pessoa não iria querer você, porque você não é perfeita.


b) 2ª coluna: Condição o que ele precisa de ter. Senão não vai dar.
Ex. Ele tem que ser salvo. Ele tem que falar Inglês, ele tem que querer ser missionário.
Aqui estão as coisas que são MUITO importantes para si.
Há coisas que você gostava que ele tivesse (por exemplo olho azul, verde), mas NÃO é condição.
Só por ele ter olho azul, não vai fazer o seu futuro, casamento um sucesso.


4 – Peça Direção e Sabedoria a Deus

Só Deus conhece o coração das pessoas.
É possível nós sermos enganados, mas Deus vê o coração.

Quando entregamos a nossa vida a Deus, o Espírito Santo começa a viver dentro de nós.
Ele veio para nos guiar/ensinar. Temos que aprender ouvir a Sua voz e seguir os Seus Concelhos:

a) Estar cheio da Palavra de Deus.
A vontade de Deus é sempre de acordo.

Salmo 119:105
“Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.”

b) Começar a ouvir a voz do Espírito Santo.

I Reis 19:11, 12
“… o SENHOR não estava no vento; e depois do vento um terramoto; também o SENHOR não estava no terramoto; E depois do terramoto um fogo; porém também o SENHOR não estava no fogo; e depois do fogo uma voz mansa e delicada.”

Vamos ouvir a voz do Espírito Santo cada vez melhor se:
– Andamos com Deus.
– Estamos cheios da Palavra de Deus.
– Temos comunhão com Deus.
– Não nos deixamos enganar com grandes barulhos, profecias, emoções.

Ele fala ao nosso coração. Com paz ou sentimento mau. Que vai crescendo dia após dia.
Temos que estar quietos, para ouvir. Não oiça os concelhos dos ímpios.
Não podemos ter pressa. Se ele desiste, então não foi de Deus.

Deus tem o melhor para si!

Comentários

Casamento perfeito

Espaço Mulher - Você tem valor

Estudos

Casamento perfeito

1 – O que é o Casamento

São 2 pessoas que começam uma nova vida em comum.
São 2 pessoas IMPERFEITAS que começam uma nova vida em comum.

Pessoa imperfeita + pessoa imperfeita NÃO É perfeito
Pessoa imperfeita + pessoa imperfeita = casamento imperfeito

Casamento é uma caminhada, um conjunto de 2 vidas:
– Os seus dons e talentos + os dons e talentos do seu marido
– Todas as suas falhas + todas as falhas do seu marido

Nota: uma pessoa que se acha perfeita, é melhor não casar. Porque vai pensar que ela só traz dons e talentos, enquanto a outra pessoa só traz falhas e problemas.

Génesis 2:24
“Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.”

 

2 – O alvo do Casamento não é ter um Casamento Perfeito

Há pessoas que pensam que o casamento é a solução para os problemas delas.
É isso que vemos nos filmes. Final feliz:
– Sempre se entendem em todas as áreas, querem as mesmas coisas.
– Não há mais problemas.
– Muito amor e paixão

Casamento não é algo que vai suprir todas as nossas necessidades.
Casamento é o produto, o RESULTADO de 2 vidas.

Romanos 3:10
“…: Não há um justo, nem um sequer.”

O que levamos para dentro do casamento, isso vamos ter.

Então qual o alvo do casamento?
– Não é resolver os seus problemas.
– É construir uma vida em comum. Mais complicada, mas também mais completa.

Se fazemos a Palavra de Deus, vamos ter os nossos problemas resolvidos, não importa se está casada.
Se fazemos a Palavra de Deus, vamos ter um casamento feliz, uma vida mais completa.


3 – Ferramentas

A) Amizade = Amor Filéo
Gosto de estar contigo.
Gosto da tua maneira de ser.

Ser amigos =  fazer coisas em conjunto
Pode ser: Ir ao cinema, comer no restaurante, correr na praia etc.

B) O Amor Eros = atração física
Desaparece, mas a amizade é uma base sólida

C) Amor Agapé, Amor de Deus = amor incondicional
Eu te amo:
– Tal e qual como és
– Mesmo sem te entender

É a decisão que o casal faz no dia de casamento:
Decido que te vou amar com amor Agapé, amor incondicional.
É um passo acima de amizade.
É incondicional, é um pacto.

D) Perdão
Podemos dizer que é produto de limpeza, para limpar todos as asneiras.
Sem perdão, as coisas vão se acumulando, até que não dá mais para ver onde está o amor.

Provérbios 17:9
“Aquele que encobre a transgressão busca a amizade, mas o que revolve o assunto separa os maiores amigos.”

Lucas 6:38
“Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.”

Comentários

Antes de Casar

Namorar aos 15, Casar aos 20, Separar aos 30

Namorar aos 15, Casar aos 20, Separar aos 30

Eu conheci meu marido aos 15 anos, eu era praticamente um “bebê” emocionalmente falando. Foi meu primeiro namorado. Ele tinha 19 anos e eu fui sua “quase” primeira namorada (quase porque a outra eu não considero namorada, durou 1 mês e acabou por minha causa hahahaha, história para outro dia)

Gostávamos das mesmas coisas, tínhamos a mesma opinião sobre tudo e vivíamos nossa bolha social cristã.

Namoramos por 5 anos e aos 20 eu me casei, tudo lindo, tudo maravilhoso….por um tempo.

Com o passar dos anos fomos apresentados a novas perspectivas, amadurecimento, entendimento e um dia percebi que aquele jovem de 19 anos pela qual eu me apaixonei já não existia, porque é normal com os anos nós mudarmos e quando as pessoas começam a namorar muito cedo é normal passar por esta fase em que já não reconhece o seu conjuge.

É lógico que eu também mudei e isto é o que acontece em muitos casamentos que terminam. Uma vez o meu bispo disse que os casais deveriam anular o palavra separação e começar a  usar a palavra superação e isto me fez luz, porque enquanto eu tentasse “amar” o meu marido querendo que ele se encaixasse nas minhas expectativas eu abri os meus olhos e reaprendi a amá-lo da forma que ele era, não da forma que eu queria que fosse como o jovem de há 10 anos atrás. Este é o amor que aprendemos como o amor do tipo de Deus, amar não pelo que o outro pode oferecer, mas amar sem condições.

E hoje vejo que para um casamento ser próspero esta deve ser uma prática recorrente, deixar de tentar encaixar o outro dentro da sua expectativa e reaprender a amá-lo dia após dia, transformar o defeito em qualidade e acertar aquilo que for necessário para o bem de todos, eu disse de todos, não para o bem de um lado só.

1 Coríntios 13:4-7
“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”


“A_vida_sem_filtros”

#avidasemfiltros #namorar #casar #separar #superação

Comentários

Como ter uma Família Feliz – O que é o casamento?

Como ter uma Família Feliz – O que fazer antes de casar?