Dicas para fazer uma mala de viagem

Espaço Mulher - Você tem valor

Viagens Turismo

Dicas para fazer uma mala de viagem

Sempre que vamos de viagem temos uma tarefa muito importante – fazer a mala. Geralmente as mulheres levam metade da roupa que têm e nem a usam.

Aqui tens algumas DICAS básicas:
1. Informação da Viagem – Deves ter a informação toda que puderes sobre a viagem (temperatura, atividades, horários, peso limite de bagagem, custos, etc.)

2. Pensar o que colocar na mala antecipadamente – É mais fácil ter tudo planeado anteriormente e depois pôr tudo na mala do que ir pondo coisas na mala e depois ter coisas a mais e desnecessárias.

3. Roupa para Usar no dia da viagem – deve ser uma roupa confortável e leve para que não torne a viagem ainda mais cansativa e desconfortável. Usa umas sabrinas ou uns ténis, são sempre uma boa opção.
É importante levar sempre um casaco ou uma camisola mesmo que no momento não seja necessário – é normal ficar fresco no avião ou até mesmo no aeroporto.

4. Documentos – É crucial ter os documentos todos juntos na mala de mão num lugar acessível e seguro (Passaporte, bilhete, números das reservas etc.)
Números de telefone também são sempre muito úteis (hotel, aluguer do carro, das pessoas que o vão buscar, casa dos amigos onde vai ficar,  etc.)

5. Extras – A mala tem que ter sempre um cadeado para que esteja segura. Seria útil também ter o teu nome e número de telefone, ou endereço escrito na mala, no caso desta se perder.

Comentários

10 dicas para viajares sozinha!

Espaço Mulher - Você tem valor

Viagens Turismo

10 dicas para viajares sozinha!

Viajar sozinho está a tornar-se cada vez mais popular. Embora para alguns a ideia possa continuar a parecer assustadora, o número de pessoas a viajarem sozinhas está a aumentar. É claro que as viagens low-cost desempenham um papel significativo no aumento desta tendência, e por cada pessoa que volta de uma aventura a solo, há outra inspirada a partir.

(Sé és um candidato às viagens a solo – sejas experiente na matéria ou principiante – espreita os nossos 10 conselhos para viajar sozinho)

1. Sai da tua zona de Conforto

Viajar sozinha dá-te a oportunidade de fazeres o que quiseres, quando quiseres. Mas tem cuidado para não caíres na armadilha do conforto. Vai ao teu ritmo e faz conforme as tuas forças — mas não deixes de te desafiar!

2.Come como um Residente

A comida é uma parte fundamental de viajar. Desde minúsculas banquinhas de rua aos petiscos dos mercados, sai em busca do que andam a comer os residentes. O mais provável é que te avisem se determinada coisa não for a melhor opção para um estrangeiro, e com certeza que te vais deliciar. Por isso, quando estiveres lá fora, não tenhas medo de arriscar e experimentar qualquer coisa que não reconheces.

3.Aprende a Gíria

Não é preciso aprenderes frases complicadas, mas podes ir bem longe com meia dúzia de palavras. Por favor; obrigado; sim; não; o nome do teu país de origem — podem todas ajudar, e se a tua pronúncia não for a melhor, só vai fazer com que as pessoas sorriam.

4.Aproveita os contactos Locais

Encontra-te com amigos de amigos a aproveita ao máximo a sua sabedoria local. Estes conselhos e sugestões com conhecimento de causa valem ouro para quem viaja a solo. É fácil ir atrás das multidões quando se viaja sozinho, mas se tens alguém que te mostre os atalhos e segredos escondidos — vais voltar para casa com algumas histórias especiais para contar.

5.Segue o teu Instinto

Segue o teu instinto! Se achas que aquele beco tem mau ar, não entres. Se aquela pessoa não te parece de confiança, sai de fininho. Se aquela ponte não te parece segura, não a atravesses. Quando estás a viajar sozinha, não é altura de te armares em heroína.

6.Faz as malas com Prudência

Quer tenciones ficar no mesmo sítio durante várias semanas, ou vás andar sempre de um lado para o outro — não vás com excesso de bagagem. É um conselho óbvio, mas um que se torna realmente importante quando estás sozinha. A última coisa de que precisas é de andar a acartar com uma mala gigante — mesmo que seja só do carro até ao hotel e voltar.

7.Descarrega apps úteis

Há por aí umas aplicações de viagem fantásticas. Desde apps de tradução, a números de emergência locais, devias fazer uma boa pesquisa antes de saíres de casa.

8.Mantém-te segura

É tão importante – se não pela tua segurança, pela paz de espírito das pessoas que se preocupam contigo. Manda uma mensagem a alguém em casa sempre que chegares ou partires de algum lado, e certifica-te que alguém em quem confias tem o teu itinerário completo. Se vais caminhar, andar de caiaque ou fazer outra coisa sozinha enquanto estás fora, avisa alguém (no teu hotel/hostel/acampamento).

9.Compra o teu próprio GPS

Se vais alugar um carro, não te esqueças de verificar quanto custa o aluguer do GPS — e depois compara com o preço de comprar um novo. Se tencionas andar a conduzir durante mais de uma semana, é bem possível que saia mais barato comprares o teu e levares contigo.

10.Sê respeitosa

Seja para onde for que te estejas a dirigir no mundo, certifica-te de que tens conhecimento do que é ou não aceitável dentro das tradições culturais locais. Enquanto alguns erros podem ser perdoados, há certas coisas que não deves mesmo fazer. Não vai demorar muito tempo a perceberes o que está bem ou não, por isso investiga um bocadinho e sê o exemplo da educação.

Comentários

Turismo Rural: porque não?

Espaço Mulher - Você tem valor

Viagens Turismo

Turismo Rural: porque não?

O TURISMO RURAL caracteriza-se pelo contato mais direto com a natureza e tradições locais, num ambiente rural e mais familiar.
Valoriza-se a paisagem, a conservação do meio ambiente, a cultura dos povos, o património cultural, atividade agrícola, etc.

TURISMO RURAL EM PORTUGAL

– Turismo Rural: casas particulares situadas em zonas rurais que prestam um serviço de hospedagem, quer sejam ou não utilizadas como habitação própria dos seus proprietários.
– Agroturismo: casas de habitação integradas numa exploração agrícola. Os turistas podem participar em trabalhos agrícolas.
– Turismo de Aldeia: conjunto de casas particulares situadas numa aldeia e exploradas de forma integrada.

Comentários

Lembranças…

Espaço Mulher - Você tem valor

Viagens Turismo

Lembranças...

Sempre que vamos de férias gostamos de comprar uma lembrança para nós, ou para oferecer a alguém.
Mas nem sempre sabemos escolher as melhores lembranças. E a prova disso é quando a lembrança que compramos fica guardada na despensa, ou no armário, esquecida.

Ajudamos-te a escolher melhorar as lembranças.

1- Onde Comprar
Se fores a lojas onde só os turistas costumam ir (por exemplo no aeroporto, estação de comboio etc.) é provável que vás pagar muito mais do se comprasses noutro lugar. Em vez de ires a essas lojas, tenta descobrir as feiras locais, mercados, lojas locais…Não só vais pagar menos, mas também vais conseguir arranjar lembranças mais originais.

2- Lembranças Locais
Se queres comprar uma lembrança original, não compres algo que possas comprar em qualquer parte do mundo. De certeza que já viste tshirts, canecas, e até malas que são iguais em toda a parte do mundo – a única diferença é o nome da cidade ou do país.

Arranja coisas locais que só podes comprar no lugar onde estás a visitar. Por exemplo, se fores a África compra coisas que não se veem na Europa, ou vice-versa.
Quanto mais original for a lembrança, mais especial será, e mais memórias terás do lugar onde compraste!

3- Quando Comprar
Este ponto não é tão importante, mas se estás a pensar comprar lembranças sempre é melhor comprar pouco dias antes de ires embora.
Se comprares logo no dia que chegares, durante o resto da viagem de certeza que vais ver coisas que vais gostar mais, e talvez até num preço melhor!

Comentários

Parques de diversão

Espaço Mulher - Você tem valor

Viagens Turismo

Parques de diversão

Ir de férias tem um significado diferente para todos – uns gostam de praia, outros de neve, outros de visitar lugares históricos, e outros gostam de ir a parques de diversão.

1- Disney
Parques de diversão da Disney são muito conhecidos por causa das suas personagens baseada em filmes, e também todas as suas atrações. Há vários locais no mundo que têm um parque da Disney – 1) Califórnia, Estados Unidos, 2) Florida, Estados Unidos, 3) Paris, França, 4) Tokyo, Japão.

2- Europa Park, Alemanha
Europa Park na Alemanha é um dos parques de diversão mais conhecidos na Europa. Existem 13 miniparques, cada um com o tema de um país Europeu. E assim poderás conhecer a cultura diferente de cada país Europeu representado no Europa Park.

3-  Efteling, Holanda
Este parque de diversão é um dos parques temáticos mais antigos do mundo inteiro. Este parque tem 4 áreas temáticas
1)Reino das Fadas que tem as atrações baseadas em contos de fadas tradicionais
2)Reino Alternativa que tem coisas um pouco fora do comum
3)Reino Aventura onde tem a maioria das montanhas-russas e
4) Reino Viagens onde as atrações são baseadas em viagens de toda a parte do mundo.

4-  PortAventura, Espanha
É o parque de diversão mais visitado da Espanha, e está divido em 5 lugares no mundo: 1) Mediterrâneo, 2) China, 3)México, 4) Faroeste, 5) Polinésia. E por fim ainda há o Sésamo Aventura que contém as personagens do Rua Sésamo.

5- Gold Reef City, África do Sul
Este está localizada numa mina de ouro velha, com as suas atrações baseadas na Febre de Ouro no Witwatersrand. Apesar de ter as atrações normais de um parque de diversões, também tem um museu dedicado à mina de ouro, e também dá para ver como ouro verdadeiro é tirado na mina antiga.

6- Tivoli Gardens, Dinamarca
O Tivoli Gardens tem 2 parques dentro de 1 – tem um parque de diversões, e um jardim também. Está cheio de atrações mas também de flores. É um parque para todas as idades, pois todos têm algo para fazer. Tem uma montanha russa chamada Rutschebanen, que foi construída em 1914 e ainda está operacional!

7- Ocean Park, Hong Kong
A maioria das atrações neste parque são relacionados com o oceano ou com animais. É um parque de diversões mas também tem um oceanário, e um parque temático de mamíferos e animais.

8- Hopi Hari, Brasil
Está a mais ou menos 70 km da cidade de São Paulo e é o segundo maior parque de diversões do Brasil. Tem todo o tipo de atrações e eventos durante o ano todo. A sua originalidade está no idioma própria do parque – Hopês. É uma língua fácil, que mistura várias línguas incluindo espanhol, francês, inglês e mais alguns.

Comentários

Maquilhagem para viajar

Espaço Mulher - Você tem valor

Viagens Turismo

Maquilhagem para viajar

Nenhuma mulher pensa viajar sem a sua maquilhagem.
Mas o tipo de maquilhagem deve variar de acordo com a temperatura do local, do espaço disponível na mala, do tempo de duração e também do tipo de viagem que vai fazer (férias de verão, de inverno, viagem de trabalho, negócios, etc).
Deves pensar naquilo que mais usas, para que não vás carregada com coisas que não vais utilizar.

Comecemos pelo imprescindível:
– Base, corrector, pó compacto e rimel.

No caso de ter alguns programas que exijam mais “produção”:
– Junta um lápis de olhos (preto ou castanho), duas sombras (uma clara e outra mais escura) e um batom no tom que utilizas mais.
O lápis é também uma ajuda para esfumar os cantos externos dos olhos.

Quando existe muito espaço na mala de viagem, e tens muitos programas que exigem que te arranjes um pouco mais:
– Acrescenta um blush e um eyeliner caso uses e mais uma ou duas sombras e um segundo batom de outra cor.

Se o destino da viagem é quente e/ ou de praia:
Não vale a pena levar muita maquilhagem.
Destinos de praia exigem um bom protector solar para o corpo e um outro específico para o rosto, que necessita de um cuidado diferente.

As amostras de maquilhagem que geralmente acumulamos em casa, podem ser muito úteis na hora de viajar.
Vai guardando as amostras e assim poupas espaço na mala de viagem. Geralmente, as marcas de cosmética têm formatos mais pequenos dos produtos ou das novidades.

Comentários

Dicas para viajar de avião pela 1ª vez

Espaço Mulher - Você tem valor

Viagens Turismo

Dicas para viajar de avião pela 1ª vez

Quem não ficou com medo quando viajou de avião pela primeira vez?
Essa ansiedade para o momento da descolagem pode fazer com que você esqueça de detalhes importantes na hora de preparar sua viagem.

Antes de voar é necessário ter em conta algumas recomendações que são essenciais durante o voo:
– Antes de sair, verifique se todos os documentos que você necessita para viajar ao destino escolhido estão corretos e, lembre-se que todas as companhias aéreas tem um limite de peso com o qual cada passageiro pode voar. Por isso, é importante que você verifique sempre o peso das suas bagagens e se ele está de acordo com as normas.
– Prepare uma bagagem de mão leve, mas com tudo o que você precisa para aproveitar o voo: câmaras, tablets e livros são bem-vindos. Lembre-se que na bagagem de mão é proibido levar líquidos e objetos pontiagudos.
– Viaje com roupas confortáveis e não esqueça de levar um casaco leve. O ar condicionado do avião é sempre muito frio e pode incomodar. Você não quer passar frio na sua primeira viagem, não é mesmo?
– Sempre tenha em mãos o passaporte e siga com atenção os conselhos de segurança dos tripulantes da aeronave. Se tiver alguma dúvida, peça ajuda aos comissários de bordo.
– Na hora de descolar ou até durante o voo, algumas pessoas sentem uma pressão nos ouvidos. Uma boa dica é levar protetores auriculares ou comer pastilhas para ajudar a minimizar o problema. Se você ainda assim não se sentir bem, peça ajuda à tripulação.
– Se o seu voo possuir escalas, preste atenção aos horários de saída dos mesmos para poder calcular bem o tempo que você passará em cada aeroporto. Se possível, verifique como são os aeroportos onde serão feitas essas escalas, assim você poderá planear sua espera com tranquilidade.
– Se você for viajar com crianças, tenha em conta que elas só podem voar a partir da sexta semana de vida e que bebés de zero a dois anos viajam no colo dos pais.

Estes são alguns conselhos para uma primeira viagem de avião tranquila, mas lembre-se, o mais importante é informar-se sobre o destino que será visitado, planear a viagem com antecedência para não ocorrer imprevistos e aproveitar ao máximo!

Comentários