A pandemia do diabo

A pandemia do diabo

Diante dos últimos acontecimentos em que o mundo está mergulhado, vamos fazer uma comparação com a nossa vida espiritual. O mundo todo foi atingido por um vírus que ameaça a vida humana.

O que sabemos sobre o vírus que ataca o nosso corpo, tal como o diabo ataca o nosso espírito?

1- SEM DISTINÇÃO DE PESSOAS

Tal como o vírus, o diabo não faz distinção de quem será atacado. Ricos, pobres, brancos e negros, países mais desenvolvidos ou com menos recursos, todos temeram e têm lutado pela vida. Assim também é o diabo, não importa o tempo de igreja que temos, o título que temos, (até o nosso Senhor foi atacado (Marcos-4)). O diabo fará de tudo para nos atacar, nos afastar de Deus e da Igreja, tal coma bíblia nos diz em 1ªPedro-5;8.

2- PESSOAS NOVAS E SAUDÁVEIS

As pessoas novas e saudáveis têm menos probabilidade de serem infetadas pelo vírus. Assim também vemos aquelas pessoas que acabaram de entregar a sua vida a Jesus, estão na fase do primeiro amor, servem a Deus dentro e fora de tempo, o diabo até ataca, mas o crente nessa fase tem os olhos em Jesus, confia nele, é perseverante e resiste aos ataques do diabo.

Por isso a bíblia em Apocalipse nos adverte a não perdermos o primeiro amor, a nos lembrarmos de onde caímos, praticarmos primeiras obras e nos voltarmos para Deus.

3- ASSINTOMÁTICOS

Outro tipo de pessoas são os assintomáticos, que apesar dos ataques do diabo, têm o sistema de defesa muito forte, ou seja, o escudo da fé, com o qual apaga todos os dardos inflamados do maligno. O crente está revestido com a armadura de Deus, por isso fica firme contra as astutas ciladas do diabo.

4- IDADE DE RISCO

A caminhada é longa, muitas vezes vemos crentes cansarem-se no caminho, dececionarem-se com pessoas dentro da igreja, problemas de relacionamentos, etc., a bíblia nos adverte que Jesus é o autor e consumador da nossa fé, a nossa fé começa em Jesus e deve terminar nele. Vamos ser firmes e constantes, porque o nosso trabalho não seja vão no senhor (1ªCorintios-15,58).

5- DOENÇAS QUE BAIXAM A IMUNIDADE

Muitas pessoas sofrem de certas doenças, o que aumenta muito o perigo de morte, caso sejam infetadas.

A desobediência à palavra, o pecado, a murmuração, as más companhias, a falta de perdão, o semear contendas entre irmãos, ou seja, os frutos da carne, nos tornam vulneráveis aos ataques do diabo. Por isso Jesus nos adverte em Mateus-15:19, que do coração procedem as coisas boas e más. Em Provérbios-4;23 a Bíblia nos aconselha a guardar o coração, porque dele procedem os fluxos da vida.

Como diz a minha filha, em pleno século XXI, quando pensávamos que o mundo estaria mais desenvolvido tecnologicamente, no ano 2020 aprendemos a lavar as mãos. Muito se fala dos cuidados a ter para não contrair o vírus, e os cuidados com a nossa vida espiritual?

Use a máscara para se afastar do pecado, do mundo, resistir ao diabo como diz a bíblia, mas tudo isso quando nos sujeitarmos a Deus. (Tiago-4;7)

Temos o nosso álcool em gel, o sangue precioso de Cristo, que foi derramado por nós na cruz do calvário, para a nossa libertação e proteção, assim com aconteceu com o povo de Deus no Egito. O anjo da morte não pode entrar nas casas do povo de Deus, porque estavam protegidos pelo sangue do cordeiro.

Para além de lavarmos as nossas mãos, vamos lavar o nosso coração. A Bíblia diz que a igreja é purificada pela lavagem, pela palavra de Deus.

Até aqui nos ajudou o Senhor

“Ebenézer”

#ebenézer #pandemia #covid #sanguedejesus

Comentários