Um tesouro chamado tempo

Tempo é o que não falta a Deus! Ele é eterno! Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Ou seja, Ele é o dono do tempo e o tempo não O muda.

Ora, o ser humano, criado à imagem e semelhança de Deus, foi feito para ser eterno também. E isso leva-nos a encarar o tempo como algo extremamente sufocante. A eternidade está no nosso coração, mas, pelo contrário, a vida aqui na terra é tão breve! É como um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece (Tiago 4:14)! Será por isso que andamos sempre a correr contra o tempo?

Como sou organizada, ando sempre à espreita de evidências da organização de Deus.  E é incrível como Deus, apesar de intemporal, marcou o tempo aqui na terra. Fez a noite e o dia. Determinou as estações do ano. Até estabeleceu um tempo máximo de vida para o homem.

Reparem no livro de Génesis, onde foi descrita a Criação. Em cada dia, Deus criou alguma coisa. Com uma ordem lógica, sem esperar pelo último dia! E cada dia valeu a pena! No fim, Deus ainda teve tempo para descansar. Que gestão de tempo maravilhosa!

Se a Bíblia afirma que há tempo para tudo debaixo do céu, (Eclesiastes 3), porque nos escapa o tempo?

Porque não o encaramos como um talento que nos é confiado por Deus no momento em que nascemos. E que precisa de ser aperfeiçoado, trabalhado e bem administrado.

Não o encaramos como uma riqueza que precisa de ser gerida. Tempo é tão valioso como o dinheiro! Com esta diferença: dinheiro perdido pode ser recuperado, mas tempo perdido não.

Eu decidi gerir o meu tempo da mesma forma que faço a minha gestão financeira:

– Tenho uma nova RECEITA de tempo todos os dias de manhã quando acordo!

– Algum tempo eu GASTO (não posso evitar! Até para coisas chatas como ir às compras! Mas devo seguir prioridades e eliminar o que não é importante nem acrescenta valor ao meu dia)

– Algum tempo eu GUARDO (são as minhas reservas para o mais importante: comunhão com Deus, tempo para ler, aprender, sonhar os meus alvos, namorar e estar em família. Aqui também devo seguir prioridades. Mas não posso deixar de ter esta reserva de tempo todos os dias. Dela depende o meu equilíbrio, a minha felicidade, o meu futuro)

– Algum tempo eu SEMEIO na vida dos outros (evangelizo, intercedo, aconselho, ensino a Palavra de Deus. Quem semeia assim, sempre colherá boa medida de vidas transformadas)

Precisamos aprender a contar os nossos dias (Salmos 90)! Precisamos de organizar o tempo!

Existem várias técnicas que ajudam a organizar o tempo. Estude acerca do assunto. Ponha em prática até nas coisas mais simples do seu dia-a-dia. Faça com que cada dia valha a pena!

“Mãe de três”

#motivação #gestaopessoal #gestaodotempo #planeamento

Comentários

3 comentários em “Um tesouro chamado tempo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *